terça-feira, 30 de março de 2010

Molho de Pimentas...


Sardinha frita, cervejinha gelada e... Molho de Pimenta Dedo-de-Moça!
Como gosto muito de pimenta, então fiz este molho cuja receita está no blog Zakuskas.


Molho de Pimenta Dedo-de-moça

Ingredientes:

100 g de pimenta dedo de moça
1 cebola grande descascada
1 cabeça de alho sem casca
1 copo americano de óleo
1/2 copo de vinagre branco
sal

Retire os cabinhos da pimenta e lave-as.
Corte a cebola em quatro pedaços, coloque no liquidificador a pimenta, cebola, alho, vinagre e o sal e bata bem.
A seguir coloque o óleo.
Passe para uma panela e leve ao fogo, assim que o óleo subir e ficar todo em cima desligue o fogo e deixe esfriar.
Coloque num vidro esterilizado e guarde-o na geladeira.

Nos primeiros dias ele fica bem forte, mas isso logo passa com o tempo.




(SOUZA, Gabriel Soares de. Tratado descritivo do Brasil em 1587)

PIMENTA


Capítulo XLVIII

EM QUE SE DECLARA QUANTAS CASTAS DE PIMENTA HÁ NA BAHIA

À sombra destes legumes, e na sua vizinhança, podemos ajuntar quantas castas de pimentas há na Bahia, segundo nossa notícia; e digamos logo da que chamam cuiém, que são tamanhas como cerejas, as quais se comem em verdes, e, depois de maduras, cozidas inteiras com o pescado e com os legumes, e de uma maneira e de outra queimam muito, e o gentio come-a inteira, misturada com a farinha.

Costumam os portugueses, imitando os costumes dos índios, secarem esta pimenta, e depois de estar bem seca a pisam de mistura com o sal ao que chamam de juquiraí na qual molham o peixe e a carne, e entre os brancos se traz no saleiro e não descontenta ninguém. Os índios a comem misturada com a farinha, quando não têm que comer com ela. Estas pimentas fazem árvores de quatro e de cinco palmos de alto, e duram muitos anos sem se secar.

Há outra pimenta, a que pela língua dos negros se chamam cuiemoçu; esta é grande e comprida e depois de madura faz-se vermelha; e usam dela como da de cima; e faz árvores da altura de um homem e todo o ano dá novidade; sempre tem pimentas vermelhas, verdes e flor, e dura muitos anos sem secar.

Há outra casta, que chamam de cuiepiá, a qual tem bico, feição e tamanho dos gravanços; come-se em verde, crua e cozida como a de cima, e como é madura faz-se vermelha, a qual queima muito; a quem as galinhas e pássaros têm grande afeição; e faz árvore meã que em todo ano dá novidade.

Há outra casta que chamam sabãa que é comprida e delgada, em verde não queima tanto quanto é madura, que faz-se vermelha, cuja árvore é pequena, dá fruto todo o ano, e também se usa dela como da mais.

Há outra casta que chama cuiejurimum por ser da feição de abóbora assim amassada; esta, quando é verde, tem a cor azulada, e como é madura se faz vermelha; da qual e em todo ano dá novidade,

Há outra casta que chama cumari, que é bravia e nasce pelos matos, campos e pelas roças, a qual nasce do feitio dos pássaros que a comem muito, por ser mais pequena que gravanços; mas queima mais que todas que dissemos, e é mais gostosa que todas; e quando é madura faz-se vermelha, e quando se acha desta não se come outra; faz-se árvore pequena tem as flores brancas como as mais, e dá novidade em todo ano.

6 comentários:

Eliana Pessoa disse...

PRONTO TUDO QUE EU ADORO SARDINHA FRITA PIMENTA CERVEJA GELADA!!!!
BJIM

FOFIS disse...

Nao existe coisa melhor do que pimenta, eu coloco sempre umas gotinhas na minha comida e no pastel hummmmmm adorei fofis

Marly disse...

Oi, Sandra,
Eu também estou de olho nesse molho, tanto que até já comprei a pimenta.
Sardinha, molho de pimenta e uma cervejinha = delícia!
Beijinho e boa tarde

Romaine Carelli disse...

Sandrinha, precisamos levar esse molhinho no Mercado do peixe que tal?
Ganhei dois molhos de pimenta mexicana que D'us me livre de ardida...

Renata disse...

Gente, menina, me convido pra participar desse post..rssss...esse copinho de cerveja...essa sardinha com esse molinho de pimenta...ai, como eu necessito disso!!!rssss

Marian Henschel disse...

Olá !!
faço este molho de pimenta e sirvo com lanche natural na Cia da Saúde em Jaraguá do Sul SC. Os adeptos aos "picantes "ADORAM. Na panqueca integral, no risoto vegano é mais que bom. Obrigada pela dica.
Marian Henschel

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...