sábado, 9 de abril de 2016

Bolo de Banana da Beth!

Beth é a cuidadora de minha mãe!
Uma pessoa muito querida!
Eu disse que ela podia dar um fim nas bananas que
estavam moles, devido aos dias de muito calor aqui 
no Rio de Janeiro. E ela disse:
- Não, Sandra, ainda dá pra aproveitar! Posso fazer um bolo?

Bolo de Banana

Bata 2 ovos com 1 xíc. de açúcar.
Acrescente 1 colh.(sopa) de manteiga e bata mais.
Em seguida misture 1 1/2 xíc. de farinha de trigo + 1 xic. de leite.
Bata.
Coloque 2 bananas d'água amassadas e bata mais um pouquinho.
Enfim misture 1 colh.(sobremesa) de canela em pó + ' colh. (sopa) 
de fermento em pó.
Coloque a massa em uma forma untada e enfarinhada.
Leve ao forno pré-aquecido por mais ou menos 30 minutos.
Polvilhe açúcar de confeiteiro e sirva!


Pode, Beth!!!


Só eu que não sabia dessa novidade! Você sabe para que serve a tampinha do fermento em pó?
E por falar em fermento... você sabia que a tampa 
dele é a medida de uma colher de sopa?
Só eu que não sabia???
Rsrsrs... Foto retirada deste site: dicasaki.com.br



sexta-feira, 18 de março de 2016

Quiche de Abobrinha, Peito de Peru defumado e Queijo Coalho em um Brunch!

Fizemos um Brunch aqui em casa com a família!
Cada irmã deveria trazer algo.
E essa Quiche foi eu quem a fiz!

Quiche de Abobrinha, Peito de Peru defumado e Queijo Coalho

Massa para 2 formas médias:
- 300g de farinha de trigo;
- 150 g de manteiga à temperatura ambiente;
- 1 ovo;
- 1 pitada de sal;
- água se necessário.

Misture em um recipiente, todos os ingredientes com
as pontas dos dedos. Amasse sem trabalhar muito até
que fique uniforme. Envolva em filme plástico e deixe descansar
na geladeira por 1 hora.

Recheio:
-  200 g de Abobrinha ralada;
- 100 g de Peito de Peru picado;
- 100 g de Queijo Coalho ralado;
- 4 ovos;
- 500 ml de creme de leite fresco;
- Sal, pimenta e noz moscada a gosto.
Bata os ovos com o creme de leite. Tempere.

Finalização:
Pré-aqueça o forno. Abra a massa com um rolo e coloque-a
na forma própria para quiche untada com manteiga.
Faça furos na massa com um garfo.
Leve ao forno a 200 Cº por 10 minutos.
retire e deixe esfriar.
Distribua o recheio e cubra com o líquido até a borda.
Leve ao forno novamente e asse até dourar.




Sirva quente, morna ou fria, dá na mesma,
fica tudo muito bom! Rsrsrs...

Fricassê de Frango!

Sabe aquelas páginas do Facebook que todo mundo compartilha, 
que mostra a receita sendo executada rapidamente?
Esta eu não resisti...

Fricassê de Frango

Você vai precisar de 1 peito de frango cozido e desfiado.
No liquidificador você bate 1 lata de milho + 1 lata de
creme de leite + 1 copo de requeijão (250g).

No vídeo ele misturava tudo numa panela agora, mas...
eu coloquei cebola e alho picadinho na panela com
azeite para refogar, acrescentei o frango e depois coloquei
o creme. Coloquei também 1 vidro pequeno de
champignons. Essa é a hora de corrigir o sal.
 Leve tudo à uma assadeira e cubra com queijo ralado.
Leve ao forno e deixe até borbulhar.

O video colocava a batata palha por cima antes de
ir ao forno - já eu coloquei depois!


Delícia de compartilhamento!

quarta-feira, 9 de março de 2016

Gnocchi à la 'Nordeste'!

Nhoque com molho de Carne Seca!
Já coloquei a receita de Nhoque aqui!
Já até coloquei de Nhoque de Milho aqui!
E também feito com Abóbora aqui!

Mas o que hoje venho falar é sobre esta carne seca
desfiada, prontinha para o uso, que encontramos
nos supermercados.
Aprovado! Mas...
ainda prefiro comprar a carne, cozinhar tirando
o sal, etc.
Gosto de trabalho?
Sim! Adoro uma cozinha!
Mas para uma emergência até que vai!
Fora que se você prepará-la como eu,
com esta trabalheira toda, vai economizar e muito
no seu bolso!

Driblando a crise! Rsrs..
Mas... é só abrir a embalagem
e jogar na frigideira com cebolas...
Tudo de bom!

sexta-feira, 4 de março de 2016

Pasta con Pepperoni arrostini!

... ou Macarrão com Pimentões assados!
Neste caso eu usei a massa 'bavette' (que é tipo um 'spaghetti' amassado!)
Outro dia no supermercado dei de cara com uma caixinha de 
mini pimentões doces. Comprei e fui fazê-los
para servir com Quibe assado. Assei-os e não achei
que ficaram bons o suficiente. Me decepcionei (comigo
mesma, pois nem sempre a gente acerta - sou normal!)
Coloquei-os inteiros mas cortados ao meio, deixando o cabinho
e tirando as sementes (que trabalheira! rsrs).
Temperei com cebola ralada, alho picado e outras coisas mais,
como um resto de 'aliche' que tinha na geladeira. Não tampei
e levei ao forno: resultado? Primeiro de tudo a cebola e o alho torraram!
O mini pimentão doce não, mas seu gosto ficou a desejar!
Num outro dia levei para casa os pimentões de tamanho normal.
Um vermelho e outro amarelo.
Na atual situação que nosso país se encontra, este é um produto
que não podemos desperdiçar! Mas como sou teimosa,
fui novamente assá-los.
Só que desta vez fiz diferente!
Cortei em rodelas, coloquei em uma forma, polvilhei
sal e pimenta do reino, orégano e azeite de oliva. Só.
Tampei com papel alumínio e assei-os por uns 30 minutos.
A seguir retirei o papel e deixei mais um pouco.
Depois foi só misturá-lo à pasta e se deliciar!
Sou suspeita, pois adoro pimentão que não seja o verde!
Simples não?
Ah, e servi com esse frango super dourado - não
ganho para fazer propaganda mas esses frangos assa fácil
são excelentes!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Meu Arroz à Piamontese!

Nunca gostei desse arroz!
Pensei: porque será?
Tanta gente adora e não é possível eu não gostar!

Decidi: vou fazê-lo e tirar a prova dos nove!


Fiz 1 xíc. de arroz refogando 1/4 de cebola bem picadinha no azeite,
a seguir coloquei o arroz sem lavar (detalhe: eu não
uso arroz parboilizado pois não gosto, apesar dele ser mais nutritivo!).
Refoguei e coloquei água fervente. Não usei sal.
A parte, coloquei 250 ml de creme de leite fresco para ferver
Após isso coloquei 3 colh. (sopa) de queijo mussarela picada,
2 colh. (sopa) de parmesão ralado (na hora, por favor!),
1 vidro de champignon cortados (devia ter 100 g drenado) e
uma pitada de noz moscada.
Com o arroz pronto, misturei tudo e levei imediatamente à mesa!

Ficou DE-LI-CI-O-SO!!!
Agora sou fã do "Meu arroz Piamontese"! kkkkk

Fiquei pensando no que tinha de errado naqueles em
que havia comido há muito tempo... eram pastosos, adocicados...
quando esfriavam então...

Então o segredo pode ser este: creme de leite fresco!
E vontade de comer uma coisa gostosa!

Servi com Tornedos de Filet Mignon:

Selei em azeite rapidamente, para servir mal passado.
Retirei e acrescentei na frigideira bacon e 1/4 de cebola picadinha.
E por último, coloquei vinho tinto (uns 100 ml).


Meu próximo teste será feito com 'Baião de 2'!
Eu comi uma vez e não me apeteceu!
E olha que foi num restaurante na Feira Nordestina
de São Cristóvão, aqui no Rio de Janeiro!
Tenho certeza de que quando fizer, virarei fã como
tanta gente!

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Quenelles de Coco

Esta receita eu peguei no blog 'Cozinhando com Josy'!
Mas ela postou com o nome de Biscoito...
Então porque coloquei o nome de Quenelles?
 Fui verificar o significado desta palavra francesa no
livro "Pequeno Dicionário de Gastronomia":
Prato da cozinha francesa, é um bolinho de massa leve, de formato oval, 
alongado,composto de uma base de ovos e um ingrediente
principal moído, que pode ser peixe, ave ou carne de vitela. É cozido
por imersão em caldo. Pode ser servido como entrada ou guarnição
do prato principal, acompanhado de molho denso, ou puro,
mergulhado em sopas. Seu nome foi tomado do alemão
knödel (bolo de massa) que, por sua vez, vem do
anglo-saxão knyll, que significa "moído".

Bem... então não é Quenelle!
Mas... o biscoito ficou com cara de Quenelle!!! Rsrs..

INGREDIENTES:
170 g de coco ralado
100 g de açúcar
2 ovos

- Só isso? Alguém me perguntou!
Se a Josy colocou assim, é porque é assim, pois todas
receitas que fiz dela, não teve erro!

E Como Fazer?
Mistura e amassa tudo com as mãos.
Leve à geladeira por 30 minutos.
Forre um tabuleiro com papel manteiga (passe manteiga
antes na forma, para fixá-lo bem, se necessário).
Faça bolinhas (ou em formato de... Quenelles!!!)
e leve ao forno pré-aquecido. Forno médio.
Deixe por 15 minutos ou até dourar!
E então?
Se convenceu de que os Biscoitos da Josy são um sucesso?
Se não, é só passar aqui pra tomar um cafézinho
que eu te sirvo minhas Quenelles!

E para quem quiser saber porque eu não postava nada há muito tempo,
foi devido a problemas de saúde que tive em 2015.
Quando ia para a cozinha, nas poucas vezes
em que pude, fazia somente comidas que já havia postado
por aqui! Nada de novo! Não tinha cabeça para
pensar em novas receitas!
Mas agora já vou tomar o rumo certo,
com tudo em cima.
E estes biscoitos foram também uma forma de homenagear 
a querida amiga Josy, que também sumiu!

Que venha 2016!!!

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Terrine de Queijo, Limão Siciliano e Geleia de Frutas Vermelhas

Fiz esta terrine, pois depois que a vi no blog da Lylia 
(Simples Assim), fiquei com muita
vontade de experimentá-lo!
Não me arrependi nem um bocadinho!

Receita da Terreine de Queijo e Limão Siciliano:

300g de cream cheese,
Raspas e suco de 2 limões sicilianos,
1/3 de xícara (chá) de folhas picadas de manjericão,
1 lata de creme de leite integral (sem o soro),
Sal a gosto,
150g de geleia de frutas vermelhas
Nozes quebradas para decorar.

Na batedeira misture o cream cheese, o creme de leite, sal,
manjericão, suco e raspas dos limões até ficar homogêneo.
A pasta deve ficar com consistência firme.
Em um forma de bolo inglês, de mais ou menos 20cm de
comprimento, coloque filme de pvc untado com azeite e
acrescente a pasta. Pressione para que ocupe todo o 
espaço. Leva para a geladeira por pelo menos 4 horas.
Na hora de servir, tire da forma com cuidado, coloque uma
camada generosa de geleia e decore com as nozes.
Sirva com torradas.

Opinião: a terrine ficou meio mole, e olhe que deixei na geladeira
de um dia para o outro. Talvez se eu colocasse aos poucos o suco
de limão, chegaria ao ponto certo, pois de repente meus limões eram 
maiores e mais suculentos que na receita original. 
Mas te digo uma coisa: mole ou não, 
a receita foi aprovada por todos!

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Museu das Porcelanas Schmidt

Como não ando mais pela cozinha, devido a alguns probleminhas de saúde,
venho hoje postar sobre o Museu das Porcelanas Schmidt
da cidade de Pomerode - SC.
Estava passando alguns dias em Joinville, mesmo com as dores de coluna
que me afetaram terrivelmente os últimos 4 meses,
e como Pomerode é pertinho, fomos até a loja-fábrica deles.
Da outra vez que fui até lá não havia reparado que em uma parte separada
da loja havia um museu.
Peças lindíssimas, como podem ver pelas fotos.
Na loja comprei algumas peças que queria faz muito tempo.
Não estão nestas fotos, outra vez coloco-as, mas foram 8 pares de
xícaras e pires. Todos com desenhos diferentes.
É que quando criança, na casa de minha Ohmama (Vó) Elizabeth,
todas estas louças dela eram diferentes, não tinha um jogo só!
E eu achava aquilo lindo... Pronto, falei! Rsrs..
Sonhos de criança!


quarta-feira, 13 de maio de 2015

Penne com Abobrinha e Tomate!

Receita simples, mas hoje em dia tudo que é menos é mais!
Apesar de que o tomate tá o olho da cara!!!
Desculpe, mas não fiz com quantidades do lápis, rsrs..
É tudo de cabeça e ao gosto mesmo!

Coloquei para cozinhar o penne, e enquanto isso levei à
panela (frigideira, wok) fatias de abobrinha com azeite suficiente
para dar uma leve murchada, pois a ideia é que fique 'al dente'!
Acrescentei tomates sem semente picados.
Coloquei um pouco de tomate pelado em pedaços pequenos.
Cebola bem picadinha.
Finalizei com creme de nata que trouxe de Santa Catarina,
pois aqui no Rio não tem e não sei porque! - mas você pode substituir
por creme de leite fresco, requeijão, e se quiser incrementar
mesmo põe 'mascarpone', óh, que deve ficar
uma delícia!
Pronto: só misturar a massa!
E pra ficar melhor ainda, acompanhei com cogumelos frescos
salteados no azeite. Vai do gosto de cada uma,
mas tai uma coisa que a-do-ro!

Ora basta mangiare!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...