sexta-feira, 28 de março de 2014

Bolo de Ameixa com Café: tá servida?

Este é um bolo repeteco, pois tudo que é bom a gente quer de novo! 
A receita é da Rachel, do blog Na Biroskinha.
Mais uma das receitas deliciosas dela!
Já era para eu ter colocado as fotos da primeira vez que fiz,
mas... foi indo, foi indo...
até que me lembrei da gostosura que esta combinação ficou e
fiz novamente!
Tá aqui o resultado: lindão!


Bolo de Ameixa e Café (receita dela, sem tirar nem por!)

Ingredientes:
- 2 ovos
- 1 xícara (chá) de ameixas pretas sem caroços
- 1 xícara (chá) de café forte
- 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
- 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar
- 3/4 xícara (chá) de óleo
- 150 ml de iogurte
- 1 colher (sopa) de fermento em pó

Como fazer:

Em uma tigela, adicione a farinha de trigo e o fermento em pó, reserve.

Coloque os demais ingredientes no copo do liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea.

Em seguida, acrescente a mistura do liquidificador à tigela onde se encontra a farinha e o fermento, mexa com o auxílio de um fouet até obter uma massa lisinha.

Unte e enfarinhe uma fôrma de furo central, despeje a massa sobre ela e leve-a ao forno pré aquecido a 180°c por aproximadamente 35-40 minutos, ou faça o teste do palito.

Retire o bolo do forno e só desenforme-o depois de frio.



Faz aí e depois diz se não é muito bom!

quinta-feira, 20 de março de 2014

Mousse de Manga da Josy

Uma sobremesa deliciosa para esse verão que não quer ir embora!

Receita da minha amiga Josy (Cozinhando com Josy).
Já é a segunda vez que a faço, pois é muito bem vinda
aqui em casa, como tudo que ela faz!

Receita na íntegra dela aqui:

Ingredientes

1 manga grande tipo Palmer ou Haden
1 lata de creme de leite
1 lata de leite condensado
1 envelope de gelatina em pó sem sabor(12g)
10 colheres (sopa) de água

Calda

1 manga pequena tipo Palmer ou Haden
1 xícara (chá) de água
1/2 xícara (chá) de açúcar
3 a 4 cravos

Modo de preparo

Primeiramente faça a calda. Descasque a manga e corte em fatias não muito finas. Leve ao fogo o açúcar, a agua, a manga e os cravos. Em fogo baixo, deixe ferver até formar uma calda rala. Reserve.
Para a mousse, hidrate a gelatina nas 10 colheres (sopa) de água. Reserve. 
Descasque a manga, corte em pedaços e bata no liquidificador com o creme de leite e o leite condensado. Leve a gelatina no microondas por 15 segundos até ficar liquida. Despeje a gelatina no liquidificador e bata mais um pouco.
Tenha já preparada uma forma com água e óleo. Despeje essa água, enxugue levemente com papel toalha só para tirar o excesso de água e despeje a mousse. Leve a geladeira por cerca de 4 horas.
Desenforme e despeje a calda sobre a mousse. Decore com as fatias de manga


Observação: só não fiz a calda pois fiquei com preguiça, rsrs..

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Bolinhos de Sol!

Testei essa receita que peguei outro dia na TV,
que eu não me lembro do nome da garota que fez!
Ela o chamou de Bolinho de Chuva assado...
Mas como tá muuuuuito calor, e os ingredientes levam
leite condensado e creme de leite,
resolvi chamá-los de...
Bolinhos de Sol

1 lata de leite condensado;
1 cx de creme de leite;
2 colh.(sopa) de açúcar;
4 xíc. (chá) de farinha de trigo;
2 colh.(sopa) de fermento em pó;
2 ovos.

Bata os ovos com o açúcar e o leite condensado. Misture a farinha
e o creme de leite. Adicione o fermento e mexa bem.
Molde bolinhas com as mãos untadas e coloque em uma 
assadeira untada e enfarinhada.
Asse em forno 180ºC por aproximadamente 25 minutos ou
até dourar. Assim que sair do forno, passe manteiga derretida
com um pincel, nos bolinhos.
E então salpique generosamente açúcar e canela.

Depois é só servir um cafézinho!


terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Brandade de Bacalhau de minha vizinha Tide!

Este é um prato simples de se fazer com Bacalhau e extremamente
delicioso (se é que tem algum com este tipo de pescado que seja ruim, rsrs!)!
Quem sempre o faz é minha vizinha Tide, que da última vez
mandou uma quentinha. Uma delícia!
Precisava de um prato para comemoração do aniversário
de minha irmã Beth, e lembrei-me dele.
Apesar de ter várias sites na internet com a receita,
liguei pra Tide e perguntei como ela fazia. Já com tudo anotado 
na cabeça (eu não disse que era fácil?), fui ao supermercado!

Comprei 800 g de Bacalhau já dessalgado e cozinhei-o por 10 minutos no máximo.
Quando esfriou, limpei retirando as espinhas e as peles.
Desfiz em lascas e coloquei-o em um bowl. Peguei um socador de carne
e fui batendo e esfregando, para que desfiasse bem (como se fosse
fazer bolinho de bacalhau). É rápido.
Fiz um purê com 1,6 kg de batata inglesa.

Levei à uma panela grande com azeite ao fogo e coloquei 2 cebolas
picadas. Adicionei o bacalhau. Coloquei o purê
e mexendo, acrescentei 500 ml de creme de leite fresco.
Tasquei um bocado de cheiro verde picadinho, um pouco de leite
para dar o ponto de creme e corrigi o sal.

Levei tudo a um pirex grande untado com um pouquinho de azeite.
Coloquei por cima queijo mussarela picado e parmesão ralado.
Enfeitei com algumas rodelas de ovo cozido.
Só não coloquei azeitona enfeitando porque achei que seria
demais, pois já tinha descaracterizado o mesmo com os ovos!

Forno pré-aquecido: deixei por 10 minutos e finalmente coloquei 
no modo para gratinar.
O resultado foi sucesso total!

Servi com arroz e uma salada com folhas, tomate, cebola e 
o resto dos ovos cozidos.
Comeram 10 pessoas.

Se você nunca fez esse prato por achá-lo muito simples,
não sabe os aplausos que está perdendo!



quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Filé de Linguado crocante com Batata confit!

Quando vi essa receita no blog da Gina (Naco Zinha),
fiquei encantada, pois além dela ter usado um peixe que não conhecia
(havia acabado de assistir um programa do Rodrigo Hilbert - Tempero de
Família, falando dele!), era uma receita sofisticada de um dos maiores
chefes de nosso país, o francês
Claude Troigros!
Mas mesmo assim achei que devia ser complicado a receita,
claro que não impossível de fazê-la, mas não consegui visualizá-la 
muito bem! Acontece que logo em seguida assisti o programa
em que o Claude Troigros havia ensinado a fazê-la!

Fim de semana fui pra cozinha com a receita na cabeça, mas já sabendo
que não iria rechear o filé com o bacalhau, pois este eu não tinha!

Então fiz assim:
coloquei tempero nos filés e deixei-os marinando
(mistura de alho, coentro, manjericão, pimenta dedo de moça e sal).
Peguei 3 fatias de pão integral e esfarelei com as mãos.
Misturei um pouquinho de queijo parmesão ralado fino.
Coloquei nos filés, apertando bem, e levei ao forno
(aqui é rápido, até dar uma leve dourada).

E as Batatas?
Oh, que marravilha!!!
Descasquei e cortei em 'Boulangère'!
Chique né? Você já viu as minhas postagens de cortes
de batatas? Aqui está o post deste corte!
Depois coloquei tudo numa panela, cobri com azeite,
acrescentei umas azeitonas pretas, galhos de salsinha
e cebolinha, alguns grãos de pimenta do reino
e levei ao fogo bem baixo, até as batatas cozinharem
(aqui também é rápido).
O truque é não deixar o azeite ferver, pois assim
não cozinhará as batatas, e sim fritará!
Se começarem a surgir bolhas da fervura, 
retire do fogo, espere um pouco e volte.
E o mais legal é você dar uma refinada, como o Claude
Troigros: servir empratado!


terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Molho de Laranja em Lombo suíno recheado!

O título desta postagem tá correto, pois a vedete aqui é o molho!
Peguei a receita no programa da Ana Maria Braga,
na brincadeira do Jogo das Panelas (tá aí um quadro que me divirto
vendo as pessoas se virando na cozinha e na decoração!).

É um molho absolutamente muito simples:
Laranja e Mel!

Enquanto o lombo assa, você coloca na panela para
reduzir o caldo de 6 laranjas + 200 ml de mel.
Deixa lá em fogo baixo que quando o lombo estiver
pronto, ele também estará.
Só!
Acabou!
Mas o resultado é divino, pode acreditar!
O lombo eu deixei marinando em vinho branco,
cebolas e cenouras em rodelas e alecrim.
Recheei com ameixa, damasco e bacon.
Amarrei tudo e coloquei todo mundo na forma envolto
com papel alumínio. Depois de 1 hora mais ou menos, 
retirei o papel e acrescentei batatas asterix cortadas
em pedaços grandes, previamente cozidas al dente.
Mais meia horinha no forno e depois é só correr pro abraço, epa,
pra mesa,e derramar este delicioso molho por sobre
este humilde lombinho...

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Filé de Peixe com Creme de Legumes e Purê de Batatas

Este prato era minha irmã Mara que fazia quando morava em
Saquarema-RJ (praia... tudo a ver com peixe!).
Outro dia ela comentou dele e aquilo ficou lá no subconsciente, rsrs..
Resolvi então este fim de semana fazê-lo!

Cortei bem picadinho 2 cenouras médias, 2 cebolas pequenas,
1 tomate, 1 talo de alho-poró, 1 pedaço pequeno de pimentão
vermelho: tudo no olho!
Os filés deixei 30 minutos neste tempero:
alho, coentro, sal e pimenta do reino.
Fiz o purê com 2 tipos de batata: inglesa (5 médias) e baroa (3 médias).
Depois de amassar as batatas misturei com leite e sal.
Acrescentei 1 colher (sopa) de farinha de trigo e fiz a cama do peixe!
Levei todos os temperos ao fogo com um pouquinho de azeite,
e a medida que ia secando, fui acrescentando 1 garrafinha
de leite de coco. Deixei um pouco do leite para misturar
com um pouco de farinha de trigo e poder engrossar no final,
com os legumes ainda crocantes.
Coloquei os filés por cima, abaixei o fogo e tampei a panela.
O cozimento aqui deve ser rápido (3 a 4 minutos), vai depender do peixe.
Mas como filé é sempre mais rápido, não vacile:
eles tem que serem retirados com uma escumadeira
após esse tempo, portanto não devem ficar muito cozidos.
Após retirá-los é só engrossar o molho que tá pronto.
Agora é a vez de colocar os filés na cama das batatas,
colocar o molho por cima e levar para gratinar.
Uh-lá-lá, Mara Lúcia!
O meu também ficou divino!


sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Hackepeter ou Steak Tartare: qual você prefere?

Talvez você prefira Carne de Onça!
Será que é tudo a mesma coisa?
Só sei que o Hackepeter é típico da Alemanha.
O Steak Tartare é da França.
E a Carne de Onça é como os alemães chamam no Brasil!!!
Eu faço com o filet mignon picado na ponta da faca (adoro
manusear carne!). Não gosto de moer!

Calculo 100 a 150 g por pessoa, mas isso tudo é feito no olho mesmo!

E aí é só ir misturando tudo picadinho também: alcaparras,
pepino em conserva, cebola, ervas frescas (geralmente coloco salsinha e
cebolinha).
Depois entre com os molhos:
de pimenta, inglês (ou shoyo), mostarda.
E finalmente 1 ovo cru, 1 dose de conhaque, sal e pimenta moída na hora!

Sirva com torradas, batas fritas ou, como eu fiz aqui,
fatias de pão de forma integral levadas ao forno com cream cheese!

É bom demais!


sábado, 25 de janeiro de 2014

Nhoque de Abóbora com Manteiga e Alecrim


Minha mãe adorava sopa de abóbora, mas de tanto comer enjoou!
Agora ela está com uma dieta alimentar,
e eu pedi para a secretária fazer a sopa.
Eu sempre fazia o Creme de abóbora, mas agora
com a restrição à alimentos gordurosos, o creme de leite
saiu fora.
E ela não gostou!
Daí sobrou - o que fazer?
Nhoque de Abóbora!!!
Adicionei farinha de trigo até o ponto desejado (de colher).
Cozinhei na água fervente. Assim que subiram, retirei-os da água.
Em uma frigideira grande, coloquei 1 colher (sopa) de
manteiga e quando derreteu imediatamente acrescentei alecrim picado.
Desliguei o fogo e coloquei os nhoques já cozidos.
Pimenta do reino moída na hora.
Salpiquei parmesão ralado já no prato!

E se você quer saber como fazer a abóbora,
corte em cubos e refogue em um pouquinho de azeite
com alho picadinho. Coloque um pouco de água e cozinhe
até a abóbora ficar mole. Bata no liquidificador (não deixe de fazer isso,
para que o nhoque fique da cor da abóbora),
espere esfriar um pouco e misture a farinha.
Simples e divino!!!



quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Salada de Fusilli! E qual é a novidade?

Eu ainda não conhecia, mas a massa é feita de Farinha de Milho!

E essa que comprei ainda era acrescida de Quinua!
Tinha outros como Tomate, Linhaça, ou até mesmo
só com a farinha.

Tai!
Provei e aprovei!

Ah, a receita? Ora bolas, é só misturar a massa já cozida al dente
com maionese, uma proteína (presunto, atum, frango, blanquet de peru, etc),
 ervilha, azeitona, tudo que você for achando na 
geladeira, rsrs..
No caso aqui coloquei algo que também comprei pela
primeira vez: frango defumado e desfiado, que vem congelado
em um saquinho, da marca Rica - esse eu não aprovei!
Fica a dica!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...