quinta-feira, 3 de junho de 2021

Trutas ao molho Belle Meunière

 


Depois de muito tempo sem postar, eis eu aqui,
mas não com uma receita minha!
Este foi um prato que escolhi ao ir em um restaurante
na cidade de Penedo - RJ.
Cidadezinha muito graciosa, e muito procurado
pelos turistas. Tem ótimas pousadas, muita natureza serrana.
Excelente passeio.


E o prato? Divino!
O próprio nome do restaurante já diz tudo:
Rei das Trutas.
Qualquer dia tento fazer aqui em casa,
não é difícil, é um molho à base de manteiga,
champignon, alcaparras e camarões,
podendo usar outros filés de peixe também, mas é que truta...
De acompanhamento vieram batatas e arroz, 
mas este, como diz uma irmã minha:
"Arroz eu como em casa"!

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Bobó de Camarão: gourmet ou desconstruído?



Minha irmã fazia aniversário e disse à ela que eu tinha camarões:
o que ela gostaria que eu fizesse de almoço?
- Bobó gourmet!
- Hã? Como é isso pra vc? disse.
- Certa vez comi na Confeitaria Colombo, no centro do Rio,
desse jeito: o creme de aipim vinha separado.
- Ok!

Descasquei o camarão e usei as cabeças para fazer um caldo.
Coloquei azeite na panela, as cabeças e alho picado.
Depois acrescentei água fervente e deixei por 20 minutos cozinhando.

Nesse caldo, depois de coado, coloquei o aipim pra cozinhar.

Salteei os camarões na frigideira com azeite de dendê.
Temperei com sal, pimenta moída na hora e salsinha.
E um pouquinho do caldo.

Quando fui fazer o creme de aipim no liquidificador, utilizei leite de coco
e um pouco do caldo (se necessário).

Como tinha feito purê de batata baroa para minha mãe,
servi os dois juntos no prato.


E uma farofa de azeite de dendê, que fiz só acrescentando 
o sal e a farinha de mandioca.

Foi um almoço de Feliz Aniversário!
Ou será Aniversário Feliz?



segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Picadinho Carioca!

São complementos simples que comemos no dia a dia, mas que quando se juntam
tornam-se Picadinho Carioca!
Acontece que nunca tinha feito nem comido tudo junto.
Então resolvi, pois sempre tem uma primeira vez.
Pesquisei na internet, e vi que as pessoas variavam nos
acompanhamentos, tipo em vez de banana à milanesa
colocavam pastel.
Ah não! O meu seria com a banana!
E o que é engraçado é que não sou muito fã de banana na comida.
Servi com arroz, farofa de cenoura ralada, couve mineira (ao alho e óleo),
ovo frito e a banana.
A receita do Picadinho também tinha várias versões.
Uns usavam cerveja, outros vinho, outros só água...
Então:

Picadinho à minha moda!

Usei filé mignon em cubos (a parte da cabeça).
Passei na farinha de trigo e coloquei para dourar.
Fui acrescentando alho, cebola, cenoura em cubinhos...
páprica doce, o vinho...
acrescentei mais água e deixei por alguns minutos.
Pronto!

Agora parte pra fazer todo o resto!


E a banana à milanesa?
Me arrependi de tê-la cortado ao meio para servir
pra todos! Da próxima, não faço isso!
Sirvo ela inteira, uma pra cada pessoa, pois ficou divino!
Deliciosa combinação de tudo!!!

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Pudim de Café



Um Pudim é sempre bom...
E de café com grãos moídos na hora é demais!

Coloquei 1 xícara (chá) de açúcar para caramelizar
na forma, direto na boca do fogão. Mas sempre
tomando cuidado para não queimar as mãos!

No liquidificador bati 1 lata de leite condensado,
1 1/2 de leite com a medida da mesma lata,
1 xícara (chá)  de café feito com grãos moídos na hora e
3 gemas.
Minha forma de pudim é daquela que vai na boca do
fogão, e não no forno. O tempo é o mesmo do forno:
50 a 60 minutos em banho maria.
Deixei esfriar e levei à geladeira.
Quando desenformei,
servi com os grãos inteiros - e apesar deles
serem amargos, comi com o pudim e ficou melhor ainda!

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Chuchu com Camarão

Um prato típico carioca!


Tem segredo?
Não!

Numa panela coloquei azeite, cebola picadinha,
alho picadinho.
Agora o chuchu em cubos, refoguei bem e entrei
com o caldo de camarão. 

Caldo: leve as cabeças do camarão numa panela com azeite, alho e 
cebola. Refogue bem e acrescente água quente.Deixe cozinhando por
uns 20 a 30 minutos.

Os camarões (já descascados) salteei-os temperados na hora
com sal e pimenta-do-reino, em uma frigideira, com azeite.
Só então misturei ao chuchu, deixando o tempo suficiente
para envolvê-los!

Salpiquei salsinha,
servi com arroz jasmin e...
nhac!


Preciso repetir!!!



sábado, 1 de setembro de 2018

Torta de Maçã


Havia algumas maçãs (4) na fruteira já fazendo 1 semana!
Estavam bem esquecidas, tadinhas!
Então saiu a ideia de aproveitá-las de uma vez só!
Fui na internet procurar alguma receita,
e eis que vejo receitas que pré-cozinhavam as mesmas, 
receitas que levaram creme, etc...
Não me interessou nenhuma.
Então resolvi prepará-las como achava que devia ser!


Fiz a massa colocando farinha de trigo (3 xícaras no olhômetro),
2 colheres de (sopa rasa) açúcar,
manteiga aos poucos. Acabei usando o tablete inteiro,
200g. Um pouco de canela em pó - 1 colher (sopa)

Cortei as maçãs com casca, em fatias finas, tomando
o cuidado de tirar as sementes, claro. E não cozinhei!
Espremi 2 limões nelas.
Misturei açúcar cristal e açúcar mascavo - 1 colher (sopa) de cada.
Acrescentei passas brancas e nozes picadas grosseiramente.
Canela em pó.

Coloquei a massa em 2 formas de quiche médias que tenho.,
Deu trabalho, pois a massa tive de dividir e só então
vi que ia ter de esticar bem fina para montá-las.
Então elas ficaram bem rústicas (rsrs.. pra não
dizer mal acabadas!), nenhum padrão master chef!
Kkkkkk...


Mas hiper valeu a pena!
Ficaram deliciosas!!!



segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Blog Naco Zinha: uma década!


Parabéns, Gina, pelos 10 anos de seu blog!
Você é uma guerreira, pois está sempre com postagens, e diga-se, 
maravilhosas, nestes tempos em que na internet  a gente encontra vídeos,
principalmente no Facebook, em que todas as receitas parecem que são rápidas e fáceis
de se fazer!
Não se tem muito interesse em ler sobre quem fez a receita, qual a história, 
o passo a passo.. pra que, se os vídeos mostram que é tudo prático?

Rsrs.. a gente bem sabe que não é assim!
Quem ama cozinhar está sempre em busca de algo novo,
algo prazeroso, e é aí que eu digo que você é uma guerreira!
Porque está sempre inventando, pesquisando, nos trazendo histórias, lugares
que muitos não conhecem...

Este bolo aqui da foto é uma das receitas que já fiz do teu blog.
Ficou uma delícia, tanto é que já o repeti várias vezes!
Se alguém quiser a receita, é só clicar sobre o nome da receita!
Não se arrependerá, pois se for igual à eu, que guardo as claras que
não as utilizo, congeladas, é uma ótima receita para utilizá-las!

Também fiz outras como:

Teve uma postagem da Gina sobre este bolo:
Fiquei tão interessada no bolo, que fui procurar na internet
sobre o mesmo e descobri que havia uma confeitaria em
Joinville/SC, que o fazia. Como minha irmã mora lá, 
pedi que ela o trouxesse, pois o mesmo é difícil de fazer.
Graças à Gina o conheci!

E ainda teve um sorteio em seu blog, que tive
o prazer de ganhar:
"Doce Brasil bem bolado", da chef Morena Leite!

Então Gina, fica aqui a minha homenagem e o meu agradecimento 
por me fazer retornar ao meu blog, que quase não venho mais postar!
Vou ver se me empolgo novamente!!!

Beijo grande e VIVAS para o blog
Que aliás hoje nos traz mais uma postagem sensacional, sobre a troca 
de lixo reciclável por alimentos em Curitiba!
É esse o Brasil que eu quero!



segunda-feira, 28 de maio de 2018

Cake Lemon Curd ou...

Bolo com Creme de Limão Siciliano!

Desde que vi que o casamento do príncipe Harry ia ter esse bolo,
quis porque quis o mesmo!
Já até fiz o Lemon Curd aqui no blog (Creme de Limão Siciliano), mas
usei outra receita. Aliás fiz uma mistura de receitas,
pois peguei a receita de um pão-de-ló, mas coloquei outros
ingredientes que assisti em um vídeo onde o cara que fazia só falava
em inglês, então eu não tinha noção das quantidades. Via apenas ele
colocando os ingredientes, rsrs...

MASSA:
1 xíc. de açúcar;
2 ovos;
1/2 xíc. de leite;
1 1/2 xíc. de farinha de trigo;
100g de manteiga;
1 colh.(sobr.) de fermento em pó
raspas de limão siciliano;
suco de 1 limão siciliano;
1 colh.(café) de baunilha.

Bata o açúcar com a manteiga. Coloque os ovos, 1 a 1. 
Põe as raspas, o suco e a baunilha e bata mais.
Coloque a farinha aos poucos, batendo agora devagar.
Coloque o leite e por fim o fermento.

Forma untanda só no fundo, um papel manteiga sobre o
mesmo, untar por cima e polvilhar farinha.
Forno: 30 à 45 minutos.
Espere esfriar para rechear.

Nota: ficou um bolo baixo para rechear. Ou você dobra a receita
para poder cortar ao meio, ou faz 2 massas dessa, o que
eu acho mais apropriado. Eu só fiz um e me dei mais
ou menos mal!

CREME DE LIMÃO 

50g manteiga;
1/2 xíc. de açúcar;
1/4 xíc. de suco do limão siciliano
2 colh.(sobr.) de raspas do limão
1 pitada de sal;
3 gemas peneiradas.

Derreta a manteiga na panela. Retire do fogo e misture o açúcar,
as raspas, o sal e o suco. Mexa bem.
Adicione as gemas e bata até ficar cremoso.
Cozinhe em fogo baixo, mexendo até chegar no ponto.
Paase para uma vasilha e resfrie, mexendo de vez
em quando - temperatura ambiente.

CREME DE CREAM CHEESE

1 pote de cream cheese (usei o de 300g);
1/2 xíc. de açúcar.
Bata bem.

No recheio coloque uma camada do cream cheese, e uma do
creme de limão. Repita em cima.

Dos deuses!!!



segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Pavê de Nata super fácil!

Esta é uma daquelas receitas fáceis de se fazer
e excelentes de se comer!

Pavê de Nata:

- 1 pote de nata
- 1 lata de leite condensado
- 1 1/2 de biscoito maizena
- 1 tablete de chocolate meio amargo (170g)
- 1 caixa de creme de leite.

Deixe o leite condensado na geladeira por 2 horas.
Depois misture com a nata.
Coloque em uma travessa os biscoitos, 
alternando com o creme. Até acabar.
Leve à geladeira por 1 hora ou até endurecer.

Faça o creme de chocolate para colocar por cima:
derreta o chocolate no microondas e
depois é só misturar com o creme de leite.


Coloque no pavê e retorne à geladeira!
Viu como é fácil: nem vai ao fogão!
Observações:


Sempre acho o pote de nata (500g), por
isso nunca tentei fazer com o creme de leite.
O leite condensado dizem que é prá bater por 3
minutos no liquidificador, para ficar mais cremoso.
Também nunca tentei, pois deixo gelando antes.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Arroz de Hauçá

Tenho um lindo livro com esta receita!

 "O Brasil bem temperado - Nordeste"
Autoras: Ana Cecília Nigro Mazzilli Xavier de Mendonça e
Fátima Helena Leime Sciarretta.

As páginas são uma delícia por si só, pois vêem cheias
de histórias, curiosidades, trovas, sonetos, 
pinturas, fotos de objetos de cozinha...

E essa receita em especial sempre me chamou a atenção!
Mas ficava receosa, pois leva uma mistura de camarão 
com carne-seca. Prato antigo! Vamos à receita?

Camarões: usei 1 kg já descascado,
1 colher (sobremesa) de alho picado,
1/2 cebola picada,
azeite de dendê e azeite de oliva à gosto,
sal e pimenta-do-reino moída na hora,
folhas de coentro à gosto.
Levei o alho à frigideira com o dendê e o azeite
de oliva, meio a meio. Acrescentei a cebola e fui salteando
rápido os camarões. Aos poucos. Depois voltei com
todos os camarões e o coentro. Reservei.

Carne-seca: usei 400 g já dessalgada, cozida e desfiada.
Salteei com azeite de oliva e coloquei a outra metade da cebola
cortada em meia lua. Reservei.

Arroz: fiz 1 xícara e não usei o arroz comum, e sim
o arroz jasmine (tailandês). Fiz somente com água e pouquíssimo
sal. Quando estava pronto, acrescentei 1 garrafinha 
de leite de coco e deixei tampada a panela,
abafando e para o leite de coco envolver bem o arroz.

Servi já empratado, mas você pode fazer mais quantidade
(pois essa quantidade eram para 2 pessoas), e servir numa
travessa. Mas coloque o arroz em uma forma
tipo pudim e desenforme na travessa. A seguir 
coloque os camarões em volta e a carne-seca dentro do furo.
Sobrou pouca coisa, dava para montar mais
um prato, apesar da carne-seca ter ficado pouca.


Meus Deus!!!
Ficou dos deuses!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...