terça-feira, 25 de maio de 2010

Bolo do Fiorde Quá Brasileirinho

Este bolo peguei a receita do Blog Sabor Saudade, da Claudia. É um bolo típico da Noruega, e nesse post do bolo, ela nos conta um pouco da história do país em que ela mora atualmente.
Achei muito interessante fazer a massa e por cima um merengue, depois levar tudo ao forno.



Ficou fantástico, como eu previa!
Só que quando fui ao supermercado, não tinha morango, então resolvi fazer com manga e kiwi e dar um estilo brasileiro, homenageando a nossa pátria.
Fiz no domingo enquanto preparava o almoço, e como já tinha sobremesa, me perguntaram prá que tanto trabalho se já tinha o Flan de Abacate.
Respondi que ele só seria servido de tardinha, com café.
Ninguém foi embora!



Dá trabalho, mas valeu muuuuito a pena!
Quer dizer, o trabalho que deu foi na hora de tirar da forma, parti-lo em 2, e retirar o papel manteiga. Foi pedacinhos de suspiro prá tudo que é lado!
Mas mesmo com o trabalho todo, ele foi aprovadíssimo!
E de quebra o pessoal ainda soube um pouco sobre a Noruega - isso é que é cultura!


Aqui a receita deste Bolo Fiorde Quá (Bolo nacional norueguês).

Eu mudei as frutas e no chantily , bati o creme de leite fresco e não coloquei açúcar - gostei muito, pois o bolo já tem açúcar suficiente e o creme azedinho ficou show!
Eu não tinha amêndoas, então coloquei Castanha do Brasil (olha o brasileirinho aí de novo!).
A massa é muito saborosa, ah, quem quiser que faça, pois não vai se arrepender de maneira alguma!


Bolo

6 gemas em temperatura ambiente
150 gramas de açúcar
150 gramas de farinha de trigo comum
150 gramas de manteiga macia
70 ml de leite
2 colheres de chá de extrato natural de baunilha
1 colher de sopa de fermento em pó

Suspiro

6 claras em temperatura ambiente
300 gramas de açúcar
50 gramas de amêndoas grosseiramente picadas (ou avelãs)
meia colher de chá extrato natural de baunilha (opcional)

Recheio:

350 ml de creme de leite para chantily
meia colher de extrato natural de baunilha (opcional)
2 a 3 colheres de sopa de açúcar

Unte uma forma retangular com manteiga, forre com papel manteiga, unte novamente o papel e reserve. Aqueça o forno a 180C.

Num pote bata as gemas com a manteiga até esbranquiçar. Adicione as gemas, uma a uma, e continue batendo. Adicione parte da farinha, peneirada e mexa. Adicione o leite e a baunilha e continue mexendo. Adicione a segunda parte da farinha e o fermento e bata atee formar uma massa homogênea. Espalhe a massa na forma preparando formando uma camada nivelada mas bem fina de massa e reserve.

Bata as claras em neve, quando as claras começarem a endurecer adicione o açúcar, aos poucos e bata até formar um suspiro bem duro. Adicione a baunilha e as amêndoas picadas e, usando uma espátula, mexa suavemente para incorporar levemente as amêndoas picadas ao suspiro. Coloque o suspiro na forma, sobre a massa de gemas crua e espalhe a segunda camada até formar uma superfície nivelada. Leve para assar por 30 minutos a 180C ou até que o suspiro esteja levemente dourado e um palito enfiado até o fundo saia seco.

Recheio/cobertura:

Bata o creme com o açúcar até formar um chantilly bem duro. Adicione a baunilha e misture suavemente com uma espátula para incorporar. Deixe esfriar totalmente antes de rechear. Na hora de rechear parte o bolo ao meio em duas parte iguais e cubra uma das partes com creme e frutas. Coloque a segunda parte sobre a parte coberta de creme e repita a operação cubringo o bolo com mais creme e frutas. Adicione as frutas que desejar. Sirva frio imediatamente. Rende 8 a 10 porções.



Conforme falei bem acima, servi mais tarde, então deixei o bolo aguardando em temperatura ambiente.
No outro dia, o pouco que sobrou, comi no café da manhã, e por ele estar geladinho da geladeira, ficou melhor ainda , se é que podia ficar melhor!

4 comentários:

Claudia disse...

Menina,

O bolo ficou lindo, eu adoro suspiro com kiwi, funciona como o morango na hora de balançar o doce do suspiro.
Que bom que você gostou, o povo aqui ama este bolo mas eu preciso confessar que quando o bolo não é para a sogra eu reduzo bastante a quantidade de açúcar que vai com as gemas. Acho que fica doce demais.

Beijo,

Cláudia

Maria Inês Feijó disse...

Com certeza eu vou experimentar!!Já anotei a receita!!Bjs

De Cordeiro disse...

como é uma receita diferetne vou posta-lo em meu blog com a tua autorizaçcao e creditos.... ok? aguardo....

Santa Gastronomia disse...

Desculpe, 'De Cordeiro', mas não consigo acessar o perfil do seu blog. Se vc puder colocar o endereço aqui...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...