segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Joinville e Torta de Ricota

A minha ida ao Sul teve como entrada Joinville.
Foi lá que desci do avião e também de onde embarquei de volta para casa.

Aliás é algo que decididamente não sou chegada: avião!
Fazia anos que não viajava em um, e confesso que não gostei de relembrar.
Ainda por cima o vôo fazia escala em São Paulo - Congonhas, e ver todos aqueles prédios
pertinho da pista não me agradou em nada.
Não peguei nenhuma turbulência - graças ao Bom Deus! - mas a sensação de decolar e
de aterrissar não é nada boa. Juro que da próxima vez vou de carro!
O nome da cidade deve-se ao fato de que a filha de Dom Pedro I, Dona Francisca Carolina, casou-se com 
François Ferdinand, príncipe de Joinville (cidade francesa). Como dote recebeu pedaços de terra nesta região.

Aqui o Mercado Municipal desta cidade de colonização alemã..
 Como gosto de cozinhar, não podia deixar de conhecê-lo, por menor que fosse..
 Em qualquer lojinha de alimentos, até mesmo em padarias, você encontra as linguiças defumadas
para comer com pão...

Aqui a famosa rua das Palmeiras..

Que fica em frente à casa que foi construída para os príncipes, mas que estes nunca chegaram a conhecer. 

Atrás desta residência você encontra o Museu do Imigrante, com a casa em estilo enxaimel...

Algumas curiosidades: a carroça que levava os pães até as casas dos colonos..

 Apetrechos de uma autêntica cozinha dos alemães...

Creio que esta panela retangular pendurada servia para assar os patos...

Alimentação típica com embutidos, biscoitos, banana (que faziam deliciosas cucas de banana)...

 Na casa de minha avó (ohmama Beth), também tinha esses paninhos nas prateleiras...

Cortador de repolho para fazer o chucrute (mandolina gigante)...

Essa forma para assar waffel me lembro bem que ohmama também tinha...

E eeses velhos tamancos??? Parece mesmo que pegaram os dela...

Enfim, Joinville é muito charmosa com suas construções em estilo enxaimel, tudo bem organizado.

 É a cidade masi rica do estado de Santa Catarina, com seu enorme parque industrial. Mas lá também tem um parque que se chama Parque Opa Bier - são 5 bares, cada um com sua especialidade, que servem esta deliciosa cerveja artesanal Opa Bier.

Torta de Ricota em homenagem à Joinville.
 INGREDIENTES DA MASSA:
300g farinha de trigo,
150g de manteiga em temp. ambiente,
1 ovo e 1 gema,
2 colh(sopa) rasa de açúcar,
1 colh(chá) de fermento em pó,
casca de 1/2 limão ralada.

Peneire a farinha e junte todos os ingredientes. Amasse até fica homogênea e guarde na geladeira enquanto faz o recheio.


INGREDIENTES DO RECHEIO:
750g de ricota,
3 ovos,
1 lata de creme de leite sem soro,
3 xíc. de açúcar,
1 colh(chá) rasa de sal,
1 colh(chá) baunilha,
100g de passas s/caroço passadas na farinha de trigo,
1 colh(chá) de fermento em pó.

Passe a ricota na peneira, junte os ingredientes e misture bem.  Coloque o recheio na massa aberta na forma no fundo e nos lados.  Leve ao forno quente até dourar bem.  Retire e polvilhe açúcar peneirado com canela.

A minha homenagem à Joinville, é que de vez eu usar ricota, coloquei este queijo 'tipo quaker', muito utilizado pelo povo daquelas bandas.  E como ele é mais pastoso, só acrescentei 1 caixinha de creme de leite (200g), e não a lata.  Também diminui o açúcar no recheio, para que o gosto do quark fosse melhor sentido. E acrescentei frutas cristalizadas que sobraram do Natal...

Até breve, Joinville (mas não mais pelo seu aeroporto, hahaha)!

9 comentários:

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

ADOREI SABER DA HISTÓRIA DESSA CIDADE ATRAVÉS DE VC TUDO MUITO LINDO ADOREI OS TAMANQUINHOS JÁ IMAGINEI UNS PÉS ALI ARRASTANDO PELA COZINHA ,MAS ESSA TORTA DEVE SER BOA DEMAIS,AGORA TE DIGO UMA COISA ADORO VIAJAR DE CARRO DEMORA MAS É MUITO MAIS LEGAL!

»¤Þ䵣䤫 disse...

Sandra que máximo essas fotos, eu adorei conhecer um pouco de Joinville, lindos os lugares, as panelas, a arquitetura, tudo lindo! Amei! Agora a torta vou fazer em casa, com certeza, depois volto aqui para falar como ficou! Beijos

Andréa disse...

Amiga,
uma riqueza essas fotos lindas!
Você viajou no tempo, bom d+!
E essa torta que tentação,simplesmente divina.

bjs..........

Gina disse...

Faz tempo que não vou a Joinville e não conheci esse Museu do Imigrante. A carroça e os outros apetrechos são uma graça. Adoro tudo isso!
Viajar de avião é uma mão na roda, mas na hora das turbulências, não dá pra ficar feliz, com certeza...
Bjs.

Juliana disse...

Conheço Joiville só de passagem, qualquer hora dessas estendo minha passagem por lá para passear, a cidade é uma graça. Amo torta de ricota, bela receita. Beijo, Ju

Chocolate na Cozinha disse...

Olá, meus pais já moraram em Joinville e adoraram!
E que homenagem..... a torta parece muito saborosa e a cidade merece mesmo esse carinho.
bjs,

Jubylaa disse...

Os tamancos da vó Beth! São iguais, tô vendo ela arrastando os pés no quintal!

Grazi disse...

Obrigada Sandra por prestigiar nossa cidade e principalmente o meu blog, tão modesto perto de uma profissional como vc. Adorei teu blog. Já tô seguindo.
Muito sucesso.

Cybele Belschansky disse...

Sandra, muito bom conhecer o Brasil através de sua postagem. Deixa eu perguntar: você tem uma receita de cuca de banana pra gente? Coloca no blog? Bjs!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...